sexta-feira, 28 de maio de 2010

Mandigora apresentado ontem no Costa do Sol


O ZIMBABWEANO David Mandigora foi ontem apresentado oficialmente como novo técnico do Costa do Sol até ao fim da presente temporada que já caminha para metade. O novo timoneiro “canarinho” será coadjuvado por Rui Évora, que esteve interinamente no comando da equipa depois do afastamento de João Chissano do cargo de treinador por maus resultados, e Aleixo Fumo.

David Mandigora tem a espinhosa missão de levantar a equipa dos escombros em que se encontra para os lugares cimeiros, o que passa por algumas mexidas no conjunto que resultarão na contratação de novos jogadores para reforçar quase todos os sectores.

O processo de mexidas decorrerá depois de sensivelmente três semanas, altura em que David Mandigora e seus parceiros farão a apreciação minuciosa do estágio da equipa e vão tirar as suas conclusões e propostas que serão apresentadas à direcção do clube para a tomada de decisões a respeito do assunto.

O contrato de David Mandigora pode ser renovado por uma época caso consiga alcançar a meta traçada que, como nos referimos, não coloca de lado a luta pelo título.

Chamado a fazer uma avaliação preliminar sobre o que acha da equipa do Costa do Sol e se acreditava na possibilidade dos “canarinhos” recuperarem o estatuto de candidatos ao título atendendo que está neste momento a 15 pontos da liderança, David Mandigora disse que não era altura de comentar sobre o assunto, ajuntando que precisava de algum tempo para avaliar o estágio do conjunto e, com os seus colaboradores, fazer as correcções necessárias.

O vice-presidente “canarinho”, Issufo Mogne, realçou que o principal objectivo é colocar o Costa do Sol nos lugares cimeiros sem pôr de lado os objectivos traçados desde o início da época, que é a conquista do campeonato.

O Costa do Sol não está preocupado com o capítulo da finalização, mas também com todos os sectores para os quais já existem algumas propostas da direcção e do próprio treinador.

A direcção “canarinha” acha que a contratação do treinador calhou em bom momento, pois acontece numa altura em que o Moçambola sofrerá um interregno com a preparação do jogo amigável entre os “Mambas” e Portugal, a 8 de Junho, em Joanesburgo.

1 comentário:

Turma 0 BGN-UEM disse...

penso que foi bom para o costa do sol ter decidido na contratação de Mandigora, mas, ainda tem muito trabalho a fazer, a direcção do clube terá que dar um verdadeiro e bom acompanhamento à equipa, pois não basta apenas contratar uma figura emblemática do futebol na região sem que se faça o devido acompanhamento.